Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFSe)

Neste artigo, você encontrará as principais informações sobre a Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFSe), e como facilitar as rotinas decorrentes desse documento fiscal.

O que é Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFSe)?

A Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFSe) é o documento responsável pelo faturamento do serviço e formalização da relação de prestador e tomador do serviço, garantindo que os impostos serão devidos e recolhidos.

Por exemplo, os impostos que financiam obras públicas e melhorias nas cidades brasileiras são todos oriundos de notas fiscais. Cada serviço possui uma alíquota de imposto, e toda empresa emitente de nota precisa recolher o ISS (Impostos Sobre Serviço) para permanecer regular perante os órgãos fiscalizadores.

Apesar da emissão ser obrigatória em todo o território nacional, a NFSe não possui um modelo e estrutura de arquivo padronizado, podendo gerar diversos problemas.

Como funciona a NFSe?

Antigamente, a NFSe era emitida em talões, dando margem para inúmeras fraudes e sonegações. Com o avanço da tecnologia, a emissão eletrônica foi adotada, extinguindo o modelo anterior.

Ao emitir uma Nota Fiscal de Serviço Eletrônica, os dados ficam registrados no banco de dados dos órgãos regulatórios, facilitando a localização e controle das operações. Os principais benefícios da emissão eletrônica são:

  • Responsabilidade ambiental, já que o modelo eletrônico dispensa a impressão;
  • Diminuição de erros ocasionados pelo preenchimento a mão;
  • Facilidade no cruzamento de dados e fiscalizações.

Quem é obrigado a emitir Nota Fiscal de Serviço Eletrônica?

Pela legislação brasileira, todas as empresas ativas e em situação regular são obrigadas a emitirem notas fiscais em suas operações, portanto, a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica é obrigatória para toda a empresa que realiza a prestação de serviços, independente se for para uma pessoa física ou jurídica.

Quem é responsável pela fiscalização das notas?

As prefeituras municipais são as responsáveis pelo controle e fiscalização da emissão das Notas Fiscais de Serviços Eletrônicas por todas as empresas sediadas em seu perímetro.

Cada município possui legislação própria sobre o formato e campos que compõem esse documento, causando a falta de padronização das notas emitidas no país, o que atrapalha a conferência das informações por parte do profissional contábil.

Além disso, os sistemas das prefeituras são extremamente limitados e sofrem diversas instabilidades, dificultando o cálculo e fechamento dos impostos.

Apesar da não padronização, existem alguns campos que são obrigatórios em todas as notas fiscais, como:

  • CNPJ;
  • Razão social;
  • Endereço;
  • Alíquota;
  • Valores da nota;
  • Tipos do serviço;
  • Emitente e destinatário;

Automatize a captura da NFSe!

Cansado de perder horas acessando os sites das prefeituras? O Jettax NFSe realiza a captura das Notas Fiscais de Serviços Eletrônicas automaticamente. Conheça as funcionalidades:

  • Captura de NFSe, prestados e tomados, em mais de 1.500 municípios;
  • Captura das guias de ISS, prestados e tomados, unificada ou separadamente;
  • Talão unificado das notas emitidas, recebidas e NFTS em PDF;
  • E muito mais…

Agende uma demonstração!

Gostou?
Compartilhe:

Fique por dentro!

Assine nossa news e receba conteúdos personalizados

Traga para o seu escritório as automações que só a Jettax te oferece

Experimente Agora